SA-BO-RO-SO !

Nos trilhos da Sardenha, Pierre-Louis Loubet venceu a segunda rally consecutiva no WRC 2.

Até há algumas semanas, Pierre-Louis Loubet nunca provara o sabor da vitória. Hoje, ele sabe o dobro do sabor que parece delicioso. Na ressaca de um primeiro sucesso na WRC 2 em Portugal, no início do mês, o piloto de 22 anos conquistou o Rally da Sardenha.

Depois de uma luta feroz com o japonês Takamoto Katsuta (que desistiu no último dia) e o russo Nicolay Gryazin, Loubet, o seu co-piloto Vincent Landais a bordo do Skoda Fabia venceram a oitava ronda do Campeonato do Mundo de Ralis 2, terminando em décimo primeiro da geral. Feliz, o piloto explicou: “Este é o meu melhor desempenho da temporada. Nós tivemos o melhor dos dois mundos, Kopecky e Rovanperä, ambos pilotos de fábrica da Skoda, conseguimos bem gerir um furo e um problema no diferencial”, conta. Tudo em frente à minha família, que se deslocou para a ocasião. É realmente ótimo. São sensações fantásticas.

Pierre-Louis Loubet, casta 2019, é forte!

Após quatro anos em busca da vitória, o piloto da equipe 2C Competition dá-nos a sua receita:

"Nada diferente. Há que preparar o rali durante os reconhecimentos, fazer uma sessão de ensaios para encontrar o cenário perfeito para o carro, manter o foco do primeiro ao último segundo do rali. É preciso um bom copiloto e uma boa equipa para que a mistura seja perfeita! "

Se admite nunca participar num rali para vencê-lo, mas sim para “dar o seu melhor”, Loubet gosta de coisas boas. E parece apreciar particularmente o néctar do triunfo: “Luto para chegar ao último rali da temporada na posição de poder ganhar o título”, sublinha o jovem.

O próximo passo para Pierre-Louis está marcado para o dia 1 de agosto na Finlândia, para o “rali dos 1000 lagos”. Com 51 pontos, está em segundo lugar no WRC 2, a 18 pontos de distância do mexicano Benito Guerra.

Descubra todas as informações Pilouis

Veja Também